Buscar
  • varadainfancia

Projeto “Espanhol como língua de instrução: escrevendo histórias”

“Eu quero aprender espanhol!”. Foi a partir dessa frase dita por um adolescente privado de liberdade no Centro de Socioeducação de Ponta Grossa, que a equipe técnica da instituição iniciou uma busca por parceiros que pudessem ultrapassar os muros que dividem os adolescentes da sociedade.


Foi nessa busca que a Assistente Social, Luciana Franco Silvestre, encontrou a professora do curso de Letras da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Dra. Lucimar Araujo Braga, que já havia trabalhado em diversas unidades de privação de liberdade do Brasil, difundindo a língua espanhola.


A ideia foi apresentada aos demais membros da equipe, que se engajaram na idealização de um projeto de extensão para ensinar Espanhol aos adolescentes do Cense. A professora escolheu outros parceiros, acadêmicos do curso, que aceitaram o convite. Foi realizada reunião, oportunidade na qual foram-lhe explicadas as peculiaridades da socioeducação.


Foi assim, que nesta segunda-feira, 19 de julho, iniciaram as aulas do projeto “Espanhol como língua de instrução: escrevendo histórias”, atendendo a duas turmas de alunos, de forma remota.


Os familiares dos adolescentes que iniciaram o curso foram comunicados das aulas via WhatsApp, e demonstraram alegria com a notícia:


A pandemia fechou portas físicas, mas abriu possibilidades de alcançar espaços simbólicos que antes pareciam distantes, através de uma tela e muita vontade de aprender.






6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo